12 de set de 2012

Nosso Lixo de todo dia: Reciclar ou Não reciclar?

Essa 'extinção' de uma coleta seletiva Brasil afora com ampliação e apoio às Cooperativas Reciclagem; já deu né? Sem reciclagem adequada, jogamos no lixo cerca de 800 bilhões ao ano.No Brasil, somente cerca de 11% do lixo é reciclado.
Sim, somos pioneiros em reciclagem de PETs e Latinhas Alumínio...e só.
Sendo que essa coleta de latinhas( 97%) é realizada  graças ao 1 milhão de pessoas catando sucatas em nossas ruas. 

Graças ao processo de reciclagem essas pessoas tem acesso a renda, pois em geral não possuem formação suficiente para se adequar ao mercado de trabalho.
Cada cidadão produz em média 5kg de lixo/ao dia.   Apenas o Brasil produz 240 mil toneladas de lixo/dia,desse montante cerca de 76% é lançado a céu aberto, cerca de 10% de lixões 'controlados', 9% em aterros e 2% Reciclado.
Os números revelam a importância do processo de reciclagem e a produção de materiais retornáveis. Reciclar significa = Re (repetir) + Cycle (ciclo).O valor econômico do lixo pode ser a senha para a solução de um dos maiores problemas ambientais do século: a destinação adequada para os mais de 2,1 trilhões de toneladas de lixo gerados ao ano pelo homem.Em 2009 no país mais de R$ 8 bilhões em materiais recicláveis foram parar em aterros sanitários e lixões.

O que explica tamanha fortuna sendo, literalmente, jogada no lixo? De acordo com especialistas, há várias respostas. "O lixo, por sua própria natureza, nunca foi prioridade nas políticas públicas", explica o técnico do Ipea, Jorge Hargrave.Focam no transporte e aterro,  estimulam empresas a 'enterrarem' seu lixo sem preocupação com coleta seletiva.  Somente no município de São Paulo, mais de R$ 1 bilhão dos R$ 1,2 bilhão gastos ao ano com gestão do lixo poderiam ser economizados com coleta seletiva e reciclagem -menos gasto com transporte e aterros. 

Botando a mão no Lixo: O que eu devo reciclar?Onde entregar?Óleo de Cozinha?
Reciclando - Vidros, Papeis, Plasticos e Metais: Separe caixas papelão, papéis, caixinhas tetrapak(leite), vidros, latas(todas), plasticos(até escova de dente).Lave cada embalagem(atenção para o uso consciente da água)Sim, sou chata qdo o assunto é nosso planeta,rs.Não se preocupe em acondicionar separado por categoria(vidro, latas/metal,papel, plastico) em coleta domestica geralmente em menor escala- Pode-se acondicionar todo reciclado em um saco grande e levar ate posto de coleta ou dispensar no dia da seletiva caso seu bairro já tenha coleta.
Lixo eletronico? - Baterias de celular,telefones sem fio, pilhas, lampadas fluorescentes( poluem muito devido o mercurio) se jogada em lixo comum.Já existem alguns postos em bancos(Santander/Real) que já recebem lixo eletronico.Outra dica é juntar esse material e levar em supermercados e cooperativas(lista abaixo).
E o Oleo de Cozinha?  Um dos alimentos mais nocivos ao meio ambiente. Jogado no ralo da pia, ele termina contaminando rios e mares. Eis o número:1 LITRO de óleo de cozinha polui 1 MILHÃO DE LITROS de água.
Como reciclar: colocar o óleo em garrafas PET bem vedadas e entregá-las a uma das várias organizações especializadas nesse tipo de reciclagem. Recebem seu óleowww.ecoleo.org.br.

Cooperativas de Reciclagem SP
http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/servicos/limpurb/coleta_seletiva/index.php?p=16512

CEMPRE
http://www.cempre.org.br/cempre_institucional.php

Consumir menos embalagens como vidros, latas, plásticos mais rígidos. E ainda 'destruir ' ao máximo embalagens como: papéis, plásticos, latinhas, PETs...Assim,  quando for para coleta comum o processo de decomposição será mais 'rápido'.Ah! reaproveitar vidros e outros materiais para fazer artesanato é no mínimo interessante!

Os cinco municípios brasileiros onde a prefeitura faz chegar o serviço de coleta seletiva a 100% das residências, segundo um novo levantamento por amostragem no país:1. Curitiba (Paraná)A cidade é uma das campeãs em reciclagem: a fórmula que deu certo lá inclui o uso de caminhões que recolhem apenas o lixo seco- sem nenhum resto orgânico. O resultado é que o lixo fica mais limpo e acaba vendido por um preço mais alto às indústrias de reciclagem. Isso ajuda a tornar o sistema de coleta seletiva em Curitiba mais barato (e viável) que o da maioria das cidades brasileiras2. Itabira (Minas Gerais)3. Londrina (Paraná)4. Santo André (São Paulo) 5. Santos (São Paulo).

Lixo X Dinheiro 
Um link interessante sobre o assunto:

 http://www.setorreciclagem.com.br/modules.php?name=News&file=article&sid=1300

 Implantação da Coleta Seletiva
 Destinação + Logística + Educação Ambiental.Portanto, em primeiro lugar, temos que pensar na destinação, pois não vai adiantar nada acumular materiais recicláveis em nosso quintal antes de saber que destino dar a esse material. (esta prática inclusive permite o acúmulo de água parada e a transmissão da dengue).  O comércio de recicláveis tem características fortes que, eventualmente, dificultam a implantação de coleta seletiva. Este comércio tem 4 exigências determinantes:   
Os quatro fatores
 Quantidade,Qualidade,Freqüência eForma de pagamento. As indústrias recicladoras, principais compradores de matéria prima reciclável, só compram em grandes quantidades (mínimo 1 tonelada), material selecionado e enfardado; isso determina a qualidade. Compram dos atravessadores que compram das cooperativas e dos sucateiros. A indústria dá preferência a quem fornece sempre esse material: frequência. E a forma de pagamento costuma ser em 30 a 40 dias. As indústrias recicladoras são fábricas de vidro, de papel e papelão, de latas de alumínio e fábricas de sacos de lixo que reciclam alguns tipos de plástico,Indústrias têxteis usam o poliester vindo do PET.   Antes de começar a coletar precisamos mapear as possíveis destinações do material a ser coletado para doar para a cooperativa. Verifique os grupos de catadores organizados de sua cidade, perguinte se eles fazem a coleta ou será necessário levar, como deve ser feita a separação, etc  Outra coisa: quanto mais perto o destino do lixo reciclável, melhor, para evitar o aumento do custo do transporte do material. O custo do transporte é o grande vilão da coleta seletiva.   Faça contato com os catadores existentes. Esta prática tem originado um silencioso e belo movimento de inclusão social. A através do trabalho cooperativado os catadores tiram seus rendimentos e conquistam seu lugar na sociedade. Uma outra destinação importante na viabilização de pequenos projetos de implantação de coleta seletiva, tais como condomínios e escolas, são as instituições filantrópicas que já comercializam com algum atravessador o material reciclável que acumula. A doação será muito bem vinda e o objetivo principal que era evitar que este material fosse parar no aterro sanitário e fazer com que ele retorne para a linha de produção, economizando recursos naturais, será alcançado. 

 Para saber mais www.MovimentodosCatadores.org.br www.rotadareciclagem.com.br

Devemos buscar por melhorias, exigir, conhecer mais e fiscalizar ações que promovam qualidade ambiental para nosso bairro, cidade e País. Antes da Coleta Seletiva atingir meu bairro, meu lixo era separado e levado ao Supermercado(com Coleta)  antes disso procurava comprar menos vidro, latas e caixas. Quando não tinha nem o Supermercado nem Coleta, simplesmente destruía ao máximo todos os recicláveis para jogar ao lixo comum.
De qualquer jeito sempre teremos um jeito, não é?

Um comentário:

  1. Patricia,

    Parabéns, pelo texto.
    Excelente abordagem sobre o assunto! Se o poder público acordasse para as cifras e a população para a importância ambiental da coleta, com certeza teríamos cidades mais ricas financeiramente e socialmente.

    ResponderExcluir