1 de ago de 2012

Morte no Nilo? É um caso para Hercule Poirot!

Quem já andou acompanhando as minhas postagens por aqui deve imaginar que o meu estilo literário preferido é o suspense, o romance criminal e, é claro, o terror. Não consigo negar que desde de pequena sempre tive fascínio pelos temas; Começando lá na minha pré-adolescência quando conheci a turma "Os Karas" do Pedro Bandeira, depois me deliciei com os "impropérios" de Sidney Sheldon, mas, a redenção total surgiu quando eu conheci uma certa escritora inglesa e seus personagens adoráveis - em especial um detetive belga cheio de manias. Tudo nas mãos desta maestra do crime possuía um elemento a mais, algo esquecido, uma reviravolta. Há poucos dias reencontrei-me com suas obras e, por tal, resolvi comentar sobre minha última leitura, ressaltando alguns detalhes; Com vocês Morte no Nilo.

Principal Atrativo:
Quando se está procurando algo para ler, sempre há um atrativo primário. Neste caso, foi a própria autora: Agatha Christie. Conhecida como a "Rainha do Crime", Agatha consegue transitar em seus livros de forma inteligente, instigante e com uma pitada de sagacidade em suas opiniões. Sempre gostei da maneira como ela construía suas personagens, sempre juntado uma descrição detalhada física, combinando com o aspecto psicológico, em especial quando se fala no detetive belga Hercule Poirot e na simpática solteirona Miss Marple.

História:
Trata-se de uma trama que envolve inveja, dinheiro, fraudes, amores e retrata a natureza humana mascarada por entre a cordialidade, aonde uma bela e riquíssima jovem é assassinada durante sua lua-de-mel no Egito, enquanto viaja de navio. Alguém com as suas posses, fama e aparência era alvo fácil para o ódio, ainda que involuntário. Assim, quando o detetive Hercule Poirot assume o caso, resta evidente que todos os passageiros possuíam motivos para cometer tal ato. A questão é: Quem teve a audácia?

Opinião:
Não poderia ser diferente: O romance é ágil - variando de momentos engraçados, passando por muito mistério e uma boa dose de conclusões inteligentes. Achei tão gostoso de ler que o devorei em um dia! Envolvi-me por completo nas reentrâncias das análises fornecidas pelo detetive belga.

Alias, Monsieur Poirot é um condutor sagaz, encantando o leitor. Alguns trechos sobre suas impressões referentes ao amar demais, a inveja vigente, ao poder destrutivo da maldade e a capacidade que cada um dos viajantes possuiria de cometer um homicídio se levado as condições exatas, são brilhantes! 

Destaco que as aparências não refletem por completo as personagens e nem as ações são tão simplórias quanto soam; O que torna a história uma boa pedida aos que amam a busca pela verdade e pelo estudo da natureza humana.

Extras:
Há uma versão cinematográfica do livro chamada Morte sobre o Nilo, a qual é muito boa. Contudo, aconselho a leitura primária do livro, já que Hercule Poirot é bem mais interessante do que se conseguiu transmitir nas telonas.

Evil is not something superhuman, it's something less than human.

5 comentários:

  1. Acredita que nunca li livros da Agatha Christie?!!?!? Nem unzinho sequer! A verdade é que nunca tive interesse... aí, tempos atrás eu ganhei dois clássicos dela. Vou ler para ver se curto o estilo...

    bjks :) JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  2. Aqui em casa nós temos uma parte da estante só para os livros dela... amo! Ainda não li Morte no Nilo. Concordo que com ela precisamos ler o livro antes de ver o filme. Fiz isso com Assassinato no Expresso do Oriente, filme do mesmo ano deste aí que, por sinal, tem um ótimo elenco.

    ResponderExcluir
  3. Ahh, agora entendo sua vocação para a advocacia!!
    Também nunca li um livro da Agatha Christie, fiquei incentivada!
    Bjos, bjo

    ResponderExcluir
  4. Como coleccionador de policiais a Agatha Christie é imprescindível:).
    Embora aprecie mais o chamado policial negro.
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. Sou apaixonada pela Agatha Christie e seus romances policiais!
    Já li mais de 20 livros dela, amoo!

    Bjos
    Amanda Fernandes
    www.redapplepinups.com

    ResponderExcluir