28 de mai de 2013

Mulheres de Celulóide # 5 - A Paixão de Arlequim


Olá povo do Antes Que Ordinárias!

Antes de tudo,desculpem titia Carol por ter tão poucas postagens em nosso querido blog, acreditem eu amo escrever por aqui e acompanhar o fantástico desempenho das colegas nada ordinárias,mas é porque eu sou assim mesmo, molenga mole,quase parando na maioria das vezes...Exceto quando acho uma conexão,aí sou bem agitada. Devo ter um seríssimo problema,só pode. ¬¬

 Mas vamos deixar de falar de mim,vamos falar de algo legal,vamos falar da Tek...Brincadeira! Logo,logo começará o mês dos namorados aqui no Brasil, e obviamente nós já vimos aqui e acolá, propagandas estimulando o consumo de bens materiais durante essa data festiva,assim como o fizeram noutras datas nem tão distantes assim, como foi o caso do Dia das Mães e da Páscoa.

Mesmo que essa comemoração seja reconhecidamente um caça- níqueis, há quem use esta data como pretexto para tudo,desde ofertar um singelo mimo para o seu parceiro de muito tempo,ou pouco tempo,passando por um "mea culpa",comprando assim o perdão daquele que foi ofendido ou lesado em sua dignidade, ou até mesmo para fisgar aquela pessoa que lhe agrada ou dá tesão,é tipo uma indireta do que poderá ser nos tempos vindouros..Talvez sejam daqui a 5 minutos depois, na escada, no elevador, no estacionamento, daqui a 1 ano durante um churrasco de apresentação para a família e quem sabe 10,20,30 anos ou até que a morte os separe? Seja daqui a 5 minutos ou daqui a 10,20,30 anos... O que importa realmente é o que se vive e não o tempo que se vive, o resto é resto Claro que o capitalismo desenfreado está pouco se lixando para tudo isso apesar de ser muito bem treinado para explorar sentimentos e sensações humanas desde que eles estejam lucrando.Algumas pessoas  porém,encontram formas surpreendentes de demonstrar que amam ou se interessam em alguém sem ter que recorrer a "sonhos vendidos". A mulher de celulóide de hoje chama-se Missy , a moça cortejada de modo não usual por Arlequim em pleno Dia dos Namorados,que em outras partes do mundo é comemorado com outro nome ( Dia de São Valentim) e noutra data ( 14/02),diferente de nós que comemoramos no dia 12  de junho. Ambos são personagens de uma HQ do selo Vertigo, especializado em quadrinhos com temática adulta. Foi escrita pelo mestre da literatura fantástica da atualidade, Neil Gaiman, o queridinho dos alternativos,das adolescentes "pseudo-góticas" cosplayers e fonte de inspiração descarada de Harry Potter.

A história é bem simples,não existem enigmas intrincados que consumam anos e anos luz de reflexão mental do leitor,sobre a razão disto ou daquilo, ela existe apenas e exclusivamente para a diversão.Na realidade a trama tem a pretensão de ser uma Commedia Dell'Arte moderna utilizando-se de antigos elementos da Idade Média,mas em se tratando de Gaiman, o pai dos Perpétuos, os seus personagens estão apenas repetindo uma pantomina que atravessa as eras,existindo antes mesmo da idéia do "Fiat Lux".Arlequim oferta a Missy o seu coração pregando-o em sua porta no Dia dos Namorados e ve-mo-lo segui-la por todos os lugares e aprontar todo o tipo de confusões benfazejas e traquinadas enquanto aguarda ser retribuído em sua paixão. Missy pareceu-me contida,distante demais quase até o final do conto mas como o Arlequim fui obrigada a me surpreender com a atitude da candidata a Colombina,que até então mantinha-se tão apática quanto lacônica.Moça jovem,de belo aspecto, a solitária Missy encontra um coração fincado à sua porta,mas ao invés de se horrorizar, friamente ela faz a assepsia do local e guarda o despojo em seu bolso e faz um verdadeiro tour pela cidade, sempre com poucas palavras,primeiro,no cemitério, o que explica a sua apatia em relação ao órgão. De volta a seu caminho uma senhora idosa de capuz misterioso a interpela e lhe faz uma pergunta, a qual ela responde de modo desconcertante para a figura à sua frente,que de mulher não tem nada. Logo após o encontro, Missy finalmente resolve parar para fazer um "lanche" e o que ela come em seu prato,me provoca náuseas até agora,mesmo sabendo que são quadrinhos. É,fazer o quê,sou muito sensível,vejo filmes de terror cabulosos,mas tenho horror a essa "psicopatia macabra" disfarçada em naturalidade,pessoas que são capazes de atos grotescos como esse com a naturalidade de quem toma um chá ou assiste à novela me provocam esse tipo de repulsa, e quem a olha,a julga tão insuspeita...
Enfim, até o Arlequim ficou sem ter o que fazer com a astúcia bisonha de sua Colombina eleita,logo ele acostumado a conquistar tantas Colombinas,logo ele,o rei dos embustes! As aparências enganam, o que se deve fazer depois que se consome do próprio veneno? Se eu contar mais estraga né? Melhor vocês mesmos tentarem descobrir o que há de maravilhoso neste conto!Convido-os a ler esta incrível Graphic Novel,inspirada nos contos de Neal Gaiman,deliciem-se tanto com a história quanto com a belíssima arte da HQ,que por ser uma Graphic Novel,prima pelo realismo das ilustrações a um nível "3D", é como se os personagens saltassem de uma fotografia em cores muito vivas.Por se tratar de uma fábula moderna, feita para ser uma versão atual da Commedia Dell'Arte,por curiosidade resolvi dar uma pesquisadinha sobre o assunto. Apesar da HQ trazer um apêndice explicativo redigido pelo próprio Neal muito mais completo,exponho abaixo o resultado de minhas pesquisas,olhem só:

Um pouco sobre a Commedia Dell'Arte:

Literalmente podemos chegar à conclusão que a Commedia Dell'Arte trata-se de um "circo mambembe" uma vez que seus integrantes raramente tinham locais fixos para se apresentar,então o jeito era viajar de cidade em cidade e pedir para se apresentar em praça pública. Apesar do baixo orçamento,as produções se caracterizavam por serem divertidas e coloridas. Outra característica é o improviso,o rumo das histórias, o que falar,com quem interagir,tudo isso ficava a cargo dos próprios atores que iam criando seus "cacos" conforme o ritmo da peça,imagino que seja conforme a reação da platéia. Essas companhias teatrais ambulantes costumavam ser familiares e cada indivíduo especializava-se num personagem fixo,que era interpretado até o fim de seus dias. Entrou em declínio por volta do séc. XVIII,porém é muito comum produções atuais revisitarem a estética "vaudeville",como podemos ver por exemplo na minissérie "Hoje é Dia de Maria".Com todas essas características,era uma modalidade que se opunha à sua versão mais rica, a Comédia Erudita. Os mais importantes personagens dessa modalidade eram: Arlequim, Pantaleão, Capitão, Polichinelo, e a Colombina e dividiam-se em categorias distintas: Patrões,Criados e Enamorados. A diferenciação entre eles fazia-se através da linguagem, gestuais característicos,status,qualidades e defeitos atribuídos a cada tipo de personalidade,artifício utilizado para exponenciar o efeito cômico.

Personagens:

Arlecchino – também conhecido como Harlequin, é um palhaço. Um dos zanni. Acróbata, amoral, glutão.É facilmente reconhecível pela roupa branca e preta com estampa em forma de diamantes O papel algumas vezes é substituído pelo Truffeldino, seu filho. Sua máscara possui uma testa baixa com uma verruga. Algumas vezes, usa um lenço negro sob o queixo e amarrado no alto da cabeça. Geralmente, Arlecchino é o servo do Pantalone, às vezes do Dottore. 
Ele ama Colombina, mas ela apenas o faz de idiota.





Brighella – Um trapaceiro, de pouca moral e desmerecedor de confiança. É retratado como agressivo, dissimulado e egoísta.



Il Capitano – Forte e imponente, mas não necessariamente heróico, geralmente usa uniforme militar, mas de forma exagerada e desnecessariamente pomposa. Conta vantagens como guerreiro e conquistador, mas acaba desmentido. Capa e espada são adereços obrigatórios.


Columbina – A contrapartida feminina do Arlecchino. Usualmente retratada como inteligente e habilidosa. É uma das servas, uma zanni. Algumas vezes, utiliza roupas com as mesmas cores do Arlecchino.


Dottore – O doutor. Visto como o homem intelectual, mas geralmente essa impressão é falsa. Ele é o mais velho e rico dos vecchi. Geralmente, interpretado como um pedante, avarento e sem o menor sucesso com as mulheres. Usa uma toga preta com gola branca, capuz preto apertado sob um chapéu preto com as abas largas viradas para cima.

Os Innamorati são os amantes.O innamorato e a innamorata têm muitos nomes. (Isabella era o nome mais popular usado para a innamorata). Eles são jovens, virtuosos e perdidamente apaixonados um pelo outro. Eles usam os trajes mais belos e de acordo com o período e a moda vingente e nunca usam máscara. Geralmente, cantam, dançam ou recitam poemas.


Pantalone – Um dos vecchi. Geralmente, muito rico e muito avarento. O arquétipo do velho pão-duro. Não se preocupa com mais nada além de dinheiro. O cavanhaque branco e o manto negro sobre o casaco vermelho, possui uma filha casadoira ou é ele próprio um cortejador tardio.





Pedrolino, – Também conhecido como Pierrot ou Pedro, é o servo fiel. Ele é forte, confiável, honesto e devotado a seu mestre. Ele também é charmoso e carismático e usa roupas brancas folgadas com um lenço no pescoço.



Pulcinella – Muitas vezes conhecido como “Punch”. O esquisito, inspirador de pena, vulnerável e geralmente desfigurado. Na maioria das vezes, com uma corcunda. Muitas vezes, não é capaz de falar e, por isso, comunica-se através de sinais e sons estranhos Sua personalidade pode ser a de um tolo, ou de um enganador. Tem a voz estridente e sua máscara tem um nariz grande e curvo, como o bico de um papagaio.






Scaramuccia – Também conhecido como Scaramouche, é um pilantra. Usa uma máscara de veludo negro, assim como também são suas roupas e seu chapéu. Um bufão, geralmente retratado como um contador de mentiras covarde.





Ficaram interessados na HQ?  Eu a disponibilizarei para download,é só clicar no link abaixo e boa leitura!
                                              A PAIXÃO DE ARLEQUIM

Um comentário:

  1. Aninhaaaaaaa,
    Que viagem faço quando 'te leio',rs.
    Cara, vc conseguiu com este texto me teletransportar pros tempos de Curso no Teatro Paiol/Macunaíma...
    Cara, Comedia D'ell Arte...

    Novamente, parabéns!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir